IEAD - Ministério Belém

Rua 06 de Outubro, nº 483, Centro - Cáceres-MT - Caixa Postal 181 - CEP 78.200-000

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Mais um mutirão no Projeto Josué



Neste domingo 21/06/2015 um grupo grande de irmãos fizeram mais um mutirão no futuro Templo da AD de Cáceres e Região, denominado Projeto Josué. Que Deus possa recompensar cada um desses valorosos irmãos.

A obra de Deus avança!


A vitória é do povo de Deus!!!

Que o Senhor continue abençoando esses valorosos guerreiros!!!


Texto: Odair
Fotos: Pr. Valentim

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Festividade na AD - Bairro Vila Nova



Convidamos toda a população de Cáceres para a grandiosa festividade na AD do Bairro Vila Nova nos dias 18 a 21 de junho.

Programação

18/06 - Culto das crianças - Preletor: Pb. Alessandro
19/06 - Novos Convertidos - Preletor: Pr. Ismael
20/06 - Círculo de Oração - Preletor: Pr. Aristides Braz
21/06 - Manhã Missionária - Preletor: Pr. Izaque Barbosa
21/06 - Jovens e Adolescentes - Preletor: Pr. Paulo Rodrigues

Cantores convidados:
19/06 - Adão Sonaque
20 e 21/06 - Monalisa.

Venham receber as bênçãos do Senhor em sua vida! 

Texto: Odair
Cartaz: Pr. Aristides Braz

terça-feira, 9 de junho de 2015

Quando Deus pede um retorno do ser humano



Por Odair José da Silva

Nós somos falhos. Quantas vezes nos esquecemos do que Deus fez por nós. Mesmo que não merecemos, Deus sempre nos ajuda. Sempre nos acompanha em nossa caminhada. E muitas vezes nos afastamos dos seus propósitos e pagamos caro por isso. Mas, Deus é tão misericordioso que, em sua paciência Ele convida o ser humano a lembrar-se dos seus votos e que o mesmo possa voltar ao caminho original traçado por Deus.

Foi o que aconteceu com Jacó. Em Gênesis 35, a Bíblia nos mostra Deus falando para Jacó retornar a Betel. “Levanta-te, sobe a Betel e habita ali; faze ali um altar ao Deus que te apareceu quando fugiste diante da face de Esaú, teu irmão”. Percebemos pelo texto bíblico e seu contexto anterior que Jacó, alguns anos antes estava em aflição por causa de seu irmão que o queria matar. Ele pede socorro a Deus e Deus o atende. Mostra a ele o céu aberto e uma escada onde os anjos de Deus sobem e descem até ele. Ali ele exclama: este não é outro lugar, senão a casa de Deus. E, Betel significa justamente isto, Casa de Deus. No entanto, passado alguns anos, vemos Jacó vivendo em Siquém, onde constrói um altar. Mas, Siquém não é o lugar certo. Siquém representa o mundo a nossa volta. E notamos que Jacó tem sérias conseqüências por isso. Tragédias familiares e ameaças acontecem em sua vida. Tudo isso porque ele está fora da direção de Deus.

Abro um parêntese aqui para alertar muitos que estão com suas tendas armadas em Siquém, isto é, no mundo. Quem sabe você tem estado nessa situação há muito tempo. Já se esqueceu das maravilhas que Deus fez em sua vida. Está sofrendo conseqüências terríveis de sua escolha e ainda não percebeu que Deus está te alertando para voltar à sua casa.

Deus, então, conclama Jacó para que volte a Betel. O Senhor cobra de Jacó uma atitude. Levanta-te. Isto é, não fique ai prostrado e com medo. Levantar significa tomar uma atitude de fé e ir para o lugar certo. Foi o que aconteceu com o Filho Pródigo. Quando se encontrava na situação terrível junto aos porcos ele olhou para dentro e si mesmo e disse: Levantar-me-ei e irei ter com meu Pai. Quantos que estão precisando tomar essa atitude nos dias atuais. Afastaram-se da presença de Deus e estão sofrendo sérias conseqüências pelos seus pecados. Mas, Deus convida você nesta hora para que retorne ao lugar certo. A Casa de Deus.

E Deus continua falando a Jacó. Sobe a Betel e habita ali. Isto significa que devemos subir a casa do Senhor e habitar nela. Devemos fazer como o salmista, nos alegrarmos em estar na Casa do Senhor. Muitos hoje em dia estão se afastando da casa de Deus e deixando que o mundo secular tome todo o seu tempo. Nas escolas dominicais e cultos de ensinos os templos estão vazios. As pessoas estão sempre ocupadas demais para irem à casa de Deus. Mas, Deus está falando. Subam a Betel e habitem ali.

Por último, Deus fala para Jacó fazer ali um altar ao Deus que o havia socorrido e que nunca o havia abandonado. Prezados, Deus conclama o seu povo a lembrar as maravilhas que Ele tem realizado na vida de cada um. Não podemos nos esquecer aquilo que Jesus fez na cruz do Calvário para nos salvar. É hora de atentarmos para o chamado de Deus em nossas vidas. É preciso concertar o altar. Colocar a vida em dias e adorar a Deus na beleza de sua santidade. Ele conclama os seus filhos a edificar o altar da adoração. Lembrar das primeiras obras, do primeiro amor. Os tempos são difíceis e a volta de Jesus está muito próxima. É preciso habitar na Casa do Senhor. Que Deus em Cristo nos ajude a voltarmos para Betel.

Texto: Odair
Odair José da Silva é membro da AD e congrega na AD do Bairro Jardim Marajoara.

terça-feira, 2 de junho de 2015

2º Aviva Jovem da AD é marcado pelo Poder de Deus!



Por Odair José da Silva

Aconteceu neste sábado (30/05), o 2º Aviva Jovem!

O evento, marcado pela manifestação do Espírito Santo na vida dos jovens, foi realizado na Assembleia de Deus da Joaquim Murtinho. Sob a liderança do Ev. Alexandre, jovens de várias congregações estiveram presentes para adorar a Deus.

O trabalho foi dividido em duas partes.

Na primeira, pregou a Palavra o Jovem Marcos, da Congregação da AD Joaquim Murtinho. Ele leu Gênesis 13.11 e falou sobre as escolhas erradas da vida. Extraiu lições na vida de Ló que escolheu as campinas do Jordão e afirmou que os jovens não podem ser seduzidos pelas escolhas do que o mundo oferece.

Na segunda parte, o pregador da noite foi o Jovem Willer da AD do Bosque da Saúde em Cuiabá. Ele leu Atos 1.8 e falou sobre a unção do Espírito Santo na vida do crente. Afirmou que é tempo de pregar o Evangelho. É tempo de fazermos a diferença na unção do Espírito Santo.

Louvou ao Senhor as jovens Camila, Daniele,o jovem Lucas e o Conjunto de Jovens da Umadecar

Texto: Odair José
Fotos: Odair José

Jovens buscando a presença de Deus!

Jovem Camila louva ao Senhor!

Conjunto da Umadecar louvando a Deus!!!

Umadecar

Umadecar

Umadecar

Jovem Marcos prega a Palavra!

Jovens vão a frente receber a oração!!!

Jovem Marcos ora pelos jovens!!!

Jovem Daniele louva ao Senhor!

Jovem Lucas canta um de seus hinos...

Jovem Willer P. de Paula (Cuiabá) prega a Palavra!

Jovens recebem a oração e a unção do Espírito Santo.

Jovens são renovados!!

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Pr. Izaque Barbosa ensina na Reunião de Obreiros



Por Odair José da Silva

Pastor Izaque Barbosa ensinou na última Reunião de Obreiros (02/05/2015) sobre “A Esperança do Obreiro: Uma Força Contra as Crises Atuais”. Com base em I Coríntios 9.9-10, o Pastor disse que não sabemos tudo e que atitude começa com conhecimento, por isso devemos sempre estar aprendendo sobre a Palavra de Deus. Falando sobre as crises atuais disse que, na vida do obreiro, uma das crises é a crise de vocação. Afirmou que em algumas denominações não têm obreiros vocacionados, mas que, graças a Deus as Assembleias de Deus ainda mantêm o foco na vocação do obreiro.

O ensinador disse que a esperança do obreiro está dividida em duas partes: (v.10) a esperança de lavrar e a esperança de debulhar. Explicou a metáfora do lavrador e a esperança de quem planta uma lavoura. Disse ainda que o obreiro tem um direito: o direito de participar dos frutos. Em obediência ao Ide de Jesus, que é um dever do obreiro, ele ganha o direito de ser participante dos frutos. A função do obreiro é semear coisas espirituais. Disse que o mundo é feito de palavras. Tudo está sustentado pela Palavra de Deus. Por isso temos que falar a Palavra de Deus. Não há distinção entre material e espiritual. Afirmou que o irmão que vem à igreja quer ouvir uma palavra espiritual para abençoar sua vida material. O Verbo se fez carne e habitou entre nós.

Pastor Izaque leu, também, Deuteronômio 20. 1-9, que fala sobre as Leis da Guerra e afirmou que neste texto encontramos quatro homens que seriam dispensados de ir para a batalha. 1. O homem que edificou uma casa; 2. O homem que plantou uma vinha; 3. O homem que desposou uma virgem; 4. O homem medroso. Mas, que seu estudo seria apenas no homem que plantou uma vinha. Afirmou, então, que este homem passou por todo um processo onde plantou a vinha, regou-a e, segundo a Lei, quem plantasse uma vinha não podia colher os seus frutos nos três primeiros anos e no quarto ano deveria colher e levar todos os frutos para o Templo. Apenas no quinto ano o dono daquela vinha podia usufruir do fruto de sua vinha. Por isso Deus isenta o homem de ir para a batalha para que ele seja participante dos seus frutos. Aos obreiros que estão na obra, continue cuidando de sua vinha porque Deus dará os frutos para você. Este ano é ano de bênção para sua vida e você vai colher os frutos.

Pastor Izaque falou sobre a vida do Missionário William Carey, considerado o pai das Missões Mundiais e o quanto ele sofreu no início de seu trabalho na Índia. Depois de longos 5 anos de trabalho árduo é que ele viu a primeira alma se rendendo aos pés de Jesus. No entanto, hoje seu trabalho é conhecido no mundo todo. Devemos ter esperança de colher os frutos de nosso trabalho. Se você ainda não viu os frutos do seu trabalho, Deus não é o culpado. Ele nos disponibiliza tudo e temos que semear a semente que é a Palavra de Deus.

Leu, na seqüência, Salmos 126. Aquele que leva a preciosa semente andando e chorando trará com alegria os seus molhos. Afirmou que lá fora as pessoas discriminam os crentes porque a sociedade é má e corrupta, por isso devemos levar uma palavra de encorajamento. É ai que devemos anunciar a Palavra de Deus. A esperança é uma força que nos ajuda a superar todas as crises.

Por fim, Pastor Izaque falou sobre a afirmação de João Calvino sobre o texto de que o lavrador não deve expor suas dores sem propósito. São muitas as dores, que Paulo chamou de dores de parto, que o obreiro tem que passar. Mas temos que levar sobre nós as dores da igreja, assim como Cristo levou sobre si as nossas dores. Para encerrar leu I Timóteo 5.17-18 e II Timóteo 2.6.

Texto: Odair José
Fotos: Odair José

Obreiros oram a Deus!

Pr. Izaque Barbosa ensina a Palavra de Deus!


terça-feira, 5 de maio de 2015

Reunião de Obreiros da AD de Cáceres e Região é marcada pela poderosa Palavra de Deus!



Por Odair José da Silva

Neste sábado (02/05/2015) aconteceu a tradicional Reunião de Obreiros da AD de Cáceres e Região. Sob a presidência do Pr. Valentim Balbino a reunião transcorreu na unção do Espírito Santo. Pr. Valentim fez a leitura em Exôdo 18.14-20. E iniciou afirmando que esta reunião acontece a mais de 50 anos e que sempre é uma bênção e que o pouco que sabe aprendeu nestas reuniões com homens de Deus como, por exemplo, o saudoso Pastor Benedito da Silva, o pioneiro da Obra de Deus em Cáceres.

Pr. Rubens Siro, de Várzea Grande, ministrou a mensagem para os obreiros. O tema da mensagem foi o mesmo da Escola Bíblica Noturna, isto é, a Esperança da Igreja: Uma força contra as crises atuais. Explicou sobre a oração. É preciso recarregar a bateria. Orar ajuda a encher a vida da unção do Espírito Santo. No momento da oração é preciso desligar-se de todo pensamento das coisas materiais e voltar-se exclusivamente para Deus. A obra do Senhor é feita com dedicação. Todos nós somos levitas. O levita é aquele que vive no altar.

Afirmou ainda que, o pastor tem um poder delegado por Deus. Citou Moisés como exemplo. E exemplificou com Romanos 9.28 dizendo que a Palavra será executada em toda terra. A mensagem abordou a queda de Lúcifer, o querubim ungido. Seu orgulho e sua queda servem de alerta para os obreiros e os crentes nos dias atuais. Devemos tomar muito cuidado com o pecado do orgulho. O perigo de achar que somos bons o bastante. Afirmou que tem pessoas que batem no peito e perguntam: você sabe com quem está falando? Essas pessoas se esquecem que não passamos de “vermes” diante de Deus. Explicou sobre a grandeza do universo e o tamanho do homem neste universo.

A mensagem falou também sobre o perigo de Tobias e Sambalate. Pessoas que são contrárias a obra de Deus. O Senhor Deus não quer filhos mestiços. Não se pode ter um pé na igreja e outro pé no mundo. Deus requer de cada um de nós a sinceridade do coração. Contou a história da menininha que foi abordada por um padre sobre como seria o tamanho de Deus e a mesma afirmou: Deus é tão grande que abrange todo o universo e tão pequeno que cabe no meu coração.

Por fim, o Pr. Rubens Siro falou sobre alguns conceitos que ainda permanece na igreja. Explicou a importância de Jesus ser o centro, isto é, o ponto de equilíbrio da salvação. De um lado temos os saduceus (liberais) e do outro os fariseus (radicais, legalistas). Afirmou que Jesus Cristo é o ponto de equilíbrio entre essas duas tendências. A vinda de Jesus foi para se cumprir a Palavra. O Antigo Testamento era a preparação, os Evangelhos foi a manifestação, Atos dos Apóstolos foi a propagação, as Epístolas foi a explicação e o Apocalipse será a consumação. Terminou afirmando que a igreja de Jesus marcha na dependência de Deus.

Pr. Valentim afirmou que Jesus investiu muito alto em nós. Não podemos desanimar e nem parar na caminhada. Explicou sobre a vida do Pastor Benedito da Silva, um exemplo de luta e perseverança, e quando o chamou para estar com ele em Cáceres. A igreja não tinha condição de sustentar mais um obreiro, mas, a pedido do Pastor Benedito e na dependência de Deus ele se dispôs a vir para Cáceres e, afirmou, até hoje o Senhor tem cuidado dele e da sua família. O Senhor é fiel quando chama para sua obra.

Texto: Odair José
Fotos: Odair José

A dupla Wanderson e Marcos louvam a Deus! "O sacrifício de Abraão".

Obreiros presentes na Reunião!

Obreiros oram a Deus!

Pr. Marilson canta hino ao Senhor!

Pr. Haroldo transmite uma mensagem aos Obreiros!

Pr. Valentim Balbino - Pastor Presidente da AD de Cáceres e Região.

Pr. Rubens Siro ministra a Palavra de Deus!

Obreiros sendo separados para a Obra de Deus: Diáconos e Presbíteros!