IEAD - Ministério Belém

Rua 06 de Outubro, nº 483, Centro - Cáceres-MT - Caixa Postal 181 - CEP 78.200-000

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Pr. Izaque Barbosa ensina na Reunião de Obreiros



Por Odair José da Silva

Pastor Izaque Barbosa ensinou na última Reunião de Obreiros (02/05/2015) sobre “A Esperança do Obreiro: Uma Força Contra as Crises Atuais”. Com base em I Coríntios 9.9-10, o Pastor disse que não sabemos tudo e que atitude começa com conhecimento, por isso devemos sempre estar aprendendo sobre a Palavra de Deus. Falando sobre as crises atuais disse que, na vida do obreiro, uma das crises é a crise de vocação. Afirmou que em algumas denominações não têm obreiros vocacionados, mas que, graças a Deus as Assembleias de Deus ainda mantêm o foco na vocação do obreiro.

O ensinador disse que a esperança do obreiro está dividida em duas partes: (v.10) a esperança de lavrar e a esperança de debulhar. Explicou a metáfora do lavrador e a esperança de quem planta uma lavoura. Disse ainda que o obreiro tem um direito: o direito de participar dos frutos. Em obediência ao Ide de Jesus, que é um dever do obreiro, ele ganha o direito de ser participante dos frutos. A função do obreiro é semear coisas espirituais. Disse que o mundo é feito de palavras. Tudo está sustentado pela Palavra de Deus. Por isso temos que falar a Palavra de Deus. Não há distinção entre material e espiritual. Afirmou que o irmão que vem à igreja quer ouvir uma palavra espiritual para abençoar sua vida material. O Verbo se fez carne e habitou entre nós.

Pastor Izaque leu, também, Deuteronômio 20. 1-9, que fala sobre as Leis da Guerra e afirmou que neste texto encontramos quatro homens que seriam dispensados de ir para a batalha. 1. O homem que edificou uma casa; 2. O homem que plantou uma vinha; 3. O homem que desposou uma virgem; 4. O homem medroso. Mas, que seu estudo seria apenas no homem que plantou uma vinha. Afirmou, então, que este homem passou por todo um processo onde plantou a vinha, regou-a e, segundo a Lei, quem plantasse uma vinha não podia colher os seus frutos nos três primeiros anos e no quarto ano deveria colher e levar todos os frutos para o Templo. Apenas no quinto ano o dono daquela vinha podia usufruir do fruto de sua vinha. Por isso Deus isenta o homem de ir para a batalha para que ele seja participante dos seus frutos. Aos obreiros que estão na obra, continue cuidando de sua vinha porque Deus dará os frutos para você. Este ano é ano de bênção para sua vida e você vai colher os frutos.

Pastor Izaque falou sobre a vida do Missionário William Carey, considerado o pai das Missões Mundiais e o quanto ele sofreu no início de seu trabalho na Índia. Depois de longos 5 anos de trabalho árduo é que ele viu a primeira alma se rendendo aos pés de Jesus. No entanto, hoje seu trabalho é conhecido no mundo todo. Devemos ter esperança de colher os frutos de nosso trabalho. Se você ainda não viu os frutos do seu trabalho, Deus não é o culpado. Ele nos disponibiliza tudo e temos que semear a semente que é a Palavra de Deus.

Leu, na seqüência, Salmos 126. Aquele que leva a preciosa semente andando e chorando trará com alegria os seus molhos. Afirmou que lá fora as pessoas discriminam os crentes porque a sociedade é má e corrupta, por isso devemos levar uma palavra de encorajamento. É ai que devemos anunciar a Palavra de Deus. A esperança é uma força que nos ajuda a superar todas as crises.

Por fim, Pastor Izaque falou sobre a afirmação de João Calvino sobre o texto de que o lavrador não deve expor suas dores sem propósito. São muitas as dores, que Paulo chamou de dores de parto, que o obreiro tem que passar. Mas temos que levar sobre nós as dores da igreja, assim como Cristo levou sobre si as nossas dores. Para encerrar leu I Timóteo 5.17-18 e II Timóteo 2.6.

Texto: Odair José
Fotos: Odair José

Obreiros oram a Deus!

Pr. Izaque Barbosa ensina a Palavra de Deus!


terça-feira, 5 de maio de 2015

Reunião de Obreiros da AD de Cáceres e Região é marcada pela poderosa Palavra de Deus!



Por Odair José da Silva

Neste sábado (02/05/2015) aconteceu a tradicional Reunião de Obreiros da AD de Cáceres e Região. Sob a presidência do Pr. Valentim Balbino a reunião transcorreu na unção do Espírito Santo. Pr. Valentim fez a leitura em Exôdo 18.14-20. E iniciou afirmando que esta reunião acontece a mais de 50 anos e que sempre é uma bênção e que o pouco que sabe aprendeu nestas reuniões com homens de Deus como, por exemplo, o saudoso Pastor Benedito da Silva, o pioneiro da Obra de Deus em Cáceres.

Pr. Rubens Siro, de Várzea Grande, ministrou a mensagem para os obreiros. O tema da mensagem foi o mesmo da Escola Bíblica Noturna, isto é, a Esperança da Igreja: Uma força contra as crises atuais. Explicou sobre a oração. É preciso recarregar a bateria. Orar ajuda a encher a vida da unção do Espírito Santo. No momento da oração é preciso desligar-se de todo pensamento das coisas materiais e voltar-se exclusivamente para Deus. A obra do Senhor é feita com dedicação. Todos nós somos levitas. O levita é aquele que vive no altar.

Afirmou ainda que, o pastor tem um poder delegado por Deus. Citou Moisés como exemplo. E exemplificou com Romanos 9.28 dizendo que a Palavra será executada em toda terra. A mensagem abordou a queda de Lúcifer, o querubim ungido. Seu orgulho e sua queda servem de alerta para os obreiros e os crentes nos dias atuais. Devemos tomar muito cuidado com o pecado do orgulho. O perigo de achar que somos bons o bastante. Afirmou que tem pessoas que batem no peito e perguntam: você sabe com quem está falando? Essas pessoas se esquecem que não passamos de “vermes” diante de Deus. Explicou sobre a grandeza do universo e o tamanho do homem neste universo.

A mensagem falou também sobre o perigo de Tobias e Sambalate. Pessoas que são contrárias a obra de Deus. O Senhor Deus não quer filhos mestiços. Não se pode ter um pé na igreja e outro pé no mundo. Deus requer de cada um de nós a sinceridade do coração. Contou a história da menininha que foi abordada por um padre sobre como seria o tamanho de Deus e a mesma afirmou: Deus é tão grande que abrange todo o universo e tão pequeno que cabe no meu coração.

Por fim, o Pr. Rubens Siro falou sobre alguns conceitos que ainda permanece na igreja. Explicou a importância de Jesus ser o centro, isto é, o ponto de equilíbrio da salvação. De um lado temos os saduceus (liberais) e do outro os fariseus (radicais, legalistas). Afirmou que Jesus Cristo é o ponto de equilíbrio entre essas duas tendências. A vinda de Jesus foi para se cumprir a Palavra. O Antigo Testamento era a preparação, os Evangelhos foi a manifestação, Atos dos Apóstolos foi a propagação, as Epístolas foi a explicação e o Apocalipse será a consumação. Terminou afirmando que a igreja de Jesus marcha na dependência de Deus.

Pr. Valentim afirmou que Jesus investiu muito alto em nós. Não podemos desanimar e nem parar na caminhada. Explicou sobre a vida do Pastor Benedito da Silva, um exemplo de luta e perseverança, e quando o chamou para estar com ele em Cáceres. A igreja não tinha condição de sustentar mais um obreiro, mas, a pedido do Pastor Benedito e na dependência de Deus ele se dispôs a vir para Cáceres e, afirmou, até hoje o Senhor tem cuidado dele e da sua família. O Senhor é fiel quando chama para sua obra.

Texto: Odair José
Fotos: Odair José

A dupla Wanderson e Marcos louvam a Deus! "O sacrifício de Abraão".

Obreiros presentes na Reunião!

Obreiros oram a Deus!

Pr. Marilson canta hino ao Senhor!

Pr. Haroldo transmite uma mensagem aos Obreiros!

Pr. Valentim Balbino - Pastor Presidente da AD de Cáceres e Região.

Pr. Rubens Siro ministra a Palavra de Deus!

Obreiros sendo separados para a Obra de Deus: Diáconos e Presbíteros!


segunda-feira, 4 de maio de 2015

AD inaugura mais um lindo Templo - AD do Bairro DNER



Por Odair José da Silva

A Assembleia de Deus de Cáceres inaugurou neste domingo (03/05/2015) mais um lindo Templo para Honra e Glória do Nome de Jesus Cristo. A AD do Bairro DNER, pastoreada pelo Pastor Wilmar Velloso que faz um excelente trabalho nesta congregação.

Deus tem operado maravilhas e abençoado seu povo. O culto de inauguração foi presidida pelo Pastor Valentim Balbino, Pastor Presidente e demais pastores da Grande Cáceres e Região.

Que muitas almas possam encontrar o caminho da salvação neste lugar que Deus tem abençoado com este lindo Templo.

Texto: Odair
Fotos: Facebook

As portas são abertas no novo Templo da AD no bairro DNER

Lindo o interior do novo Templo

Obreiros presentes na inauguração!

Pastor Wilmar Velloso - Pastor da AD DNER

Pr. Valentim Balbino faz a leitura da Palavra de Deus

Pr. Wilmar Velloso.

Conjunto das crianças louvam ao Senhor!

Conjunto de adolescentes exaltam o Nome de Jesus!

Conjunto de Jovens agradecem a Deus pelas suas maravilhas!

Conjunto de Novos Convertidos!

Conjunto do Círculo de Oração!

Irmã Teresa - Pioneira da AD de Cáceres e Região.

Família do Pr. Wilmar recebe a oração!

Vista exterior do Lindo Templo!

Pr. Wilmar Velloso e esposa!

Pr. Wilmar Velloso e Pr. Valentim Balbino descerram a fita inaugural do novo Templo.



sexta-feira, 1 de maio de 2015

Pr. Sinomar prega na 5ª EBN - Esperança da Igreja: Uma Força Contra as Crises Atuais



Por Odair José da Silva

Na noite de quinta-feira (30/04/2015) estivemos reunidos na 5ª EBN – Escola Bíblica Noturna da AD de Cáceres. Com o tema: Esperança da Igreja: Uma força contra as crises atuais os estudos têm sido marcados pela unção do Espírito Santo na vida dos seus servos. Nesta noite transmitiu a mensagem o Pastor Sinomar.

Com base em Filipenses 3.20, o Preletor começou abordando o significado de crise e falou sobre a crise, por exemplo, no Brasil. Crise política, falta de água nas principais cidades, entre outras crises que assolam a nossa sociedade. No entanto, salientou que o foco da Igreja é outro. Qual é a esperança da Igreja? O céu, a nova cidade.

Como pano de fundo, o mensageiro da noite fez um contexto histórico sobre Paulo e como ele chegou até Filipos. Estando em Trôade ele teve uma visão que alguém pedia socorro e dizia: “Passe a Macedônia e ajude-nos”. O preletor disse então que a História aponta que Lucas pastoreou a Igreja em Filipos por volta dos anos 57 d.C. Filipos estava estrategicamente bem localizada e era uma forte colônia Romana, o que garantia a boa parte dos seus moradores a cidadania romana.

Não se turbe o vosso coração, já dizia Jesus, antes de subir ao céu porque sabia que estaríamos vivendo em meio uma geração perversa e corrompida. As crises daquele tempo já apontavam para os nossos dias. Por que viver preocupado? Paulo certificou-se de que a nossa cidade está no céu. O que é que te prende aqui? Por que você chora tanto? A nossa cidade não é aqui. Deus não se esqueceu de nenhum de nós. Se Paulo vivesse em nossos dias, com certeza, ele não ficaria de cabeça baixa.

Em seguida, Pastor Sinomar disse que iria fazer uma coisa que talvez nenhum pregador tenha feito ainda. Ele convidou a Igreja para ler toda carta de Paulo aos Filipenses. De forma compassada e boa dicção, o pregador da noite leu toda carta e a Igreja acompanhou atentamente. Confesso que a leitura da carta me impressionou. Em seguida ele apresentou Jesus na carta aos Filipenses. No capítulo 1 Paulo apresenta Cristo como alvo, como propósito; no capítulo 2, Cristo é o modelo, isto é, o exemplo; no capítulo 3, Cristo é um presente para a vida do crente e no capítulo 4 Cristo é um poder na vida do crente.

Sobre o capítulo 1, o preletor fez um questionamento à Igreja: Paulo afirma que o viver é Cristo e o morrer é ganho. A Igreja pode dizer isso? Confiar em Cristo e sofrer por Ele.

Sobre o capítulo 2, os versículos 5 a 8 mostra Cristo como exemplo de humildade. Como Deus, desceu até o ponto de se tornar homem, como homem não teve a pretensão de ser grande e poderoso, mas desceu e se tornou servo, como servo se humilhou até a morte de cruz. Tudo isso em obediência. Afirmou que temos muito que aprender com esse exemplo. Hoje tem muitos que não querem mais obedecer. Acham que estão sendo humilhados. Veja o exemplo de Jesus. Se acharem um exemplo melhor me mostre!

Sobre o capítulo 3, afirmou que Cristo é um presente para o crente, mas que para obter esse presente precisamos abrir mão de muitas coisas. Ele afirmou que Paulo abriu mão de seu prestígio como Judeu e sua credencial religiosa entre os fariseus. Tudo isso, disse ele, se tornou como esterco. Mas, Paulo ganhou muita coisa ao aceitar Cristo como presente. Ganhou uma Justiça nova; ganhou um novo alvo; ganhou uma nova cidade e ganhou um novo corpo. Isso é o que podemos ganhar se aceitarmos Cristo como nosso presente. E, afirmou o pregador, só de ler e ouvir o que Paulo falou sobre a nova cidade, no céu, já dá vontade de ir para lá.

Sobre o capítulo 4, apresentou Cristo como um poder na vida do crente. O poder de Cristo faz com que os irmãos vivam em união. Citou o exemplo de Evódia e Síntique, duas irmãs de Filipos que estavam em crise, mas que o poder de Cristo fez com estivessem em paz. O poder de Cristo revigora. Falou que ao orarmos temos que ter dois objetivos: não estar ansiosos, pois a ansiedade atrapalha, e devemos ser gratos a Deus por tudo. Esse era o segredo dos Filipenses. Ele afirmou, com pesar, que está havendo uma crise de oração nos nossos dias. Pessoas não conseguem mais orar 30 minutos na igreja. Em vez disso preferem ficar conversando umas com as outras quando deveriam estar orando. Por último, o pregador falou sobre o poder purificador. Pensar no que é puro, justo, agradável, etc. Só assim poderemos combater a crise da pornografia, dos atos libidinosos que assolam a sociedade moderna.

Em seguida o pregador fez uma oração poderosa e humilde com a Igreja onde sentimos o toque de Deus nas nossas vidas. Uma mensagem para reflexão em todos os corações que ali estiveram.

Ato contínuo, Pastor Valentim afirmou que Jesus esteve presente naquela tribuna. Que as mensagens expositivas desta Escola Bíblica Noturna têm sido marcadas pela presença de Deus na vida dos pregadores. Precisamos ver com os olhos da fé que as mensagens estão sendo direcionadas pelo Espírito Santo. Salientou que aqueles que não vieram por causa de não ter pregador e cantor famosos, estão perdendo. Deus tem operado maravilhas na vida dos pregadores que estão expondo a Palavra de Deus. Afirmou ainda que precisamos compreender a simplicidade do evangelho. Jesus era carpinteiro e João Batista se vestia na sua simplicidade, mas entregaram as mensagens mais poderosas que transformaram a vida de milhões de pessoas.

Texto: Odair José
Fotos: Pr. Izaque Barbosa

Pastor Sinomar pregando a Palavra de Deus!

Irmãos atentos à mensagem do Senhor para a Igreja!

Pastores presentes na 5ª EBN. Pastor Valentim Balbino (em destaque).

domingo, 26 de abril de 2015

Alegria do Espírito Santo marca encontro do Círculo de Oração Filhas de Sião

Louvor do Conjunto Filhas de Sião                                         (Clique na imagem p/ aumentar)
Com muita alegria as irmãs do Círculo de Oração Filhas de Sião se reuniram nos dias 25 e 26/04 para agradecer a Deus pelas bênçãos recebidas. O evento realizado no Templo-sede foi: "Mulher, não temas, mas fala, e não te cales; porque eu sou contigo, e ninguém lançará mão de ti para te fazer mal, pois tenho muito povo nesta cidade. (Atos 18.9,10). A preleção ficou a cargo da Irmã Madali Lopes (Cuiabá) e quem louvou foi a cantora Eliane Fernandes (Goiânia).
O Círculo de Oração Filhas de Sião está sob a liderança da Irmã Lídia Quaresma de Souza esposa do Pastor Valentim Balbino de Souza - Presidente do Campo.
Cantora Eliane Fernandes e esposo Leandro (Goiânia)

Irmã Madali Lopes ao lado da Irmã Gilza Caixeta (de vermelho)

Irmã Lídia ministra à Igreja

Círculo de Oração Filhas de Sião louvando ao Senhor

Banda Kadosh e USEADEC louva a Deus
Pastor Valentim (fotografando), Pr Teodoro (primeiro da direita) e demais pastores presentes no evento


Filhas de Sião em louvor.


sábado, 25 de abril de 2015

Participe da 5ª EBN - Escola Bíblica Noturna de Cáceres

Vem aí a 5ª Edição da nossa querida EBN - Escola Bíblica Noturna da Igreja Assembleia de Deus - Cáceres - Ministério Belém. Participe e aprenda um pouco mais da Santa Palavra de Deus!
Programação
Data          Dia             Preletor(a)
Dia 27/4   (Segunda)    Irmã Madali Lopes (Cuiabá)
Dia 28/4   (Terça)         Profª Leila Duarte (Cáceres)
Dia 29/4   (Quarta)       Pb Mário Ângelo
Dia 30/4   (Quinta)       Pr. Sinomar
Dia 01/5   (Sexta)        Pr. Rubens Siro
Dia 02/05 (Sábado)      Pr. Rubens Siro
         Manhã 8:00h – Reunião Obreiros
         Tarde 14:00h - Reunião de Obreiros
         

domingo, 19 de abril de 2015

Confraternização do Círculo de Oração da AD Marajoara é uma bênção!



Por Odair José da Silva

O Conjunto do Circulo de Oração “Monte Sinai” da AD do Bairro Marajoara realizaram sua confraternização neste domingo e o trabalho foi marcado pela presença de Deus.

As irmãs fizeram uma apresentação sobre a volta de Jesus! Como nos apresentaremos diante dEle? Com as mãos vazias ou com almas que ganhamos para o Senhor?

A mensagem da noite ficou sob a responsabilidade do Pastor Teodoro José de Souza, de Porto Esperidião e Primeiro Vice-Presidente da AD de Cáceres e Região.

O preletor da noite iniciou sua mensagem agradecendo a oportunidade de estar nesta igreja e apresentou sua esposa que há mais de 40 anos está sempre com ele. Afirmou sua esperança em Jesus que salva, cura, batiza com o Espírito Santo e leva para o céu. Salientou, ainda, que se fosse dar tema a mensagem que Deus falou em seu coração seria: “Estamos vivendo em pleno século do descontentamento” O Pastor leu Filipenses 4.10-13.

A mensagem falou da verdadeira piedade que, de acordo com o Apóstolo Paulo, é aquela com contentamento. Nada trouxemos para esse mundo e nada vamos levar dele. Apresentou a vida de Paulo e seu sofrimento pela causa de Cristo e do seu espinho na carne. Quanto mais ele pedia a Deus o livramento, o Senhor falou a ele: “A minha graça te basta”. Deus trabalha na minha e na sua vida como Ele quer. Como é bom ser controlado pelo Espírito de Deus! É melhor com a graça de Deus, pois sem ela você pode até ganhar o mundo, mas a vida não vai ter sentido. Aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos será abençoado.

A mensagem enfatizou que tem muitas pessoas que não vivem contentes com o que tem. Vivem reclamando e murmurando da situação. O descontentamento faz-nos murmurar e os murmuradores não entram no Reino de Deus. Lembrou que o povo de Israel foi abençoado com a nuvem, a coluna de fogo e cordonizes no deserto e mesmo assim viviam murmurando até o ponto em que Deus ficou irado com eles. Estavam sempre descontentes.

Pastor Teodoro finalizou a mensagem dizendo que os crentes devem fazer como foi apresentado no jogral das irmãs, isto é, mesmo que as lutas possam custar nossas vidas, não podemos deixar de confiar em Deus. Estejamos contentes com o que Deus tem nos dado. Porque eu sei e estou contente com as maravilhas de Deus no meio de sua Igreja.

Logo após a oração, Pastor Roaldo, líder da AD Marajoara, afirmou que o Espírito Santo revelou a ele que a igreja precisa vestir as vestes espirituais. Que alguns estão sentindo fraqueza espiritual e deixaram de orar, de cantar, mas que precisam se revestir da unção do Espírito Santo. Jesus salvou vidas e restaurou a comunhão de seu povo.

O Conjunto do Círculo de Oração Monte Sinai tem como dirigentes as irmãs Elisia, Ana Rosa e Maria Senábio; e como regentes as irmãs Maria Aparecida e Geysiane.

Texto: Odair José
Fotos: Odair José

Pastor Roaldo faz a leitura oficial do culto

Círculo de Oração Monte Sinai

Irmã Talita

Irmã Keila e Irmã Eloir louvam a Deus

Apresentação do Conjunto do Círculo de Oração Monte Sinai

Apresentação do Conjunto do Círculo de Oração Monte Sinai

Apresentação do Conjunto do Círculo de Oração Monte Sinai

Apresentação do Conjunto do Círculo de Oração Monte Sinai

Obreiros atentos na apresentação das irmãs do Círculo de Oração

Useadec louvam ao Senhor

A dupla Luiz Carlos e Mathias louvam a Deus com um de seus Hinos!

Pastor Adonias faz a oração

Pastor Teodoro prega a Palavra de Deus

Pastor Teodoro prega a Palavra de Deus

A Igreja atenta à mensagem de Deus

Jesus salva!

Pastor Teodoro ora pelas almas que aceitaram a Jesus!

Pastor Roaldo faz oração por todos que sentiram Deus falar com eles!

Pb. Daniel; Pb. Usias; Dc. Márcio; Ev. Wilson; Pr. Roaldo; Pr. Adonias; Pr. Teodoro; Pb. Basílio e Pb. Gecildo